O PARQUE AREIÃO













Com uma área de 215.000 m², o Parque Areião fica na região Sul de Goiânia, nos setores Pedro Ludovico Teixeira e Marista Sul, entre a Alameda Coronel Eugênio Jardim, Avenida Americano do Brasil, Rua 90, Avenida Areião e Avenida 5ª Radial.

Uma área de preservação permanente com vegetação de floresta da galeria e vereda, abrigando espécies de fauna nativa. Feito a partir do traçado original da cidade, considerado como reserva ambiental no Plano Original da Cidade de Goiânia, aprovado em 1938 e seu patrimônio natural incluindo três nascentes do Córrego Areião e um braço do Córrego Botafogo pertencente à Bacia do Rio Meia Ponte.














Há mais de sessenta anos, está área a exemplo de tantas outras consideradas reservas, vem sofrendo desgastes, fato minimizado apenas quando retornou ao seu verdadeiro papel de parque público municipal.

O cuidado constante com a preservação de suas áreas verdes, com a utilização racional dos recursos ambientais e as medidas de proteção foram fatores determinantes para que Goiânia recebesse o título de Cidade Modelo Ambiental, conferido pela Sociedade Brasileira para a Valorização do Meio Ambiente, entidade não governamental, com sede no Rio de Janeiro.














Possui uma pista de Cooper de 2.400m totalmente iluminada, duas estações de ginásticas, um campo de futebol e parque infantil, além de um lago.

Em relação à flora, é composto de plantas de cerrado, e por áreas de reflorestamento bastante arejadas. Já a fauna nativa conta com macacos, pássaros entre outros animais de pequeno porte.














O Parque Areião possui uma Vila Ambiental, projetada para desenvolver atividades de educação ambiental. A sugestão para o turista é não alimentar os animais, que recebem alimentação especial, e não jogar lixo nos espaços de conservação.

A localização do Parque tem contribuído como forma de fazer a melhoria na qualidade de vida de vários bairros vizinhos. O local fica aberto diariamente, é não cobra por visita.

Fonte: Wikipédia.